Portal da Cidade Rio Claro

Saúde

PSMI passa a ser unidade de internação com 24 leitos

Rio Claro está implantando o núcleo interno para regulação destes leitos.

Publicado em 29/07/2022 às 16:33

(Foto: Prefeitura de Rio Claro)

Na segunda-feira (1º) o antigo pronto-socorro municipal integrado (PSMI) da Avenida 15 passa a ser denominado Unidade de Urgência e Emergência Nossa Senhora de Lourdes, que será de responsabilidade da Santa Casa de Rio Claro e terá 24 leitos hospitalares. “É um avanço relevante para o setor de saúde do município”, destaca o prefeito Gustavo, que participou dos estudos que definiram as mudanças. “Rio Claro ganha novos leitos de internação e a população passa a contar com mais qualidade no atendimento”, observa Gustavo.

LEIA TAMBÉM

As portas de entrada na rede pública municipal para acolhimento de casos urgentes e de internação continuam sendo as unidades de pronto atendimento da Avenida 29 e do Cervezão.

Para a regulação dos leitos na unidade Nossa Senhora de Lourdes, Rio Claro está implantando o Núcleo Interno de Regulação Municipal, com profissionais treinados para atender demanda de solicitações de internação na nova unidade de acordo com o quadro de saúde de cada paciente.

“O acesso a esses novos leitos será por regulação médica, levando em consideração as necessidades do paciente e a oferta de vagas”, observa Giulia Puttomatti, presidente da Fundação Municipal de Saúde.

Com a criação da unidade de internação na Avenida 15, além dos 24 novos leitos, o município passa a contar também com quatro poltronas de observação. Dez dos novos leitos serão equipados com UTI.

A Fundação Municipal de Saúde observa que haverá casos em que o paciente atendido no Cervezão realizará exames e procedimentos na Santa Casa e depois continuará sendo atendido no Cervezão.

“Tanto a UPA 29 como a do Cervezão estão equipadas e estruturadas para atender os pacientes”, destaca Giulia, lembrando que a unidade do Cervezão em breve abrigará o Hospital Dia do município. A unidade do Cervezão tem 46 leitos de retaguarda hospitalar e plenas condições de acolher os pacientes urgentes e de oferecer o atendimento adequado. “Também nos casos em que for identificada a necessidade de utilizar a unidade de internação da Santa Casa, esses pacientes terão todo o atendimento necessário enquanto aguardam a transferência”, informa Giulia.

Fonte:

Receba as notícias de Rio Claro no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário