Portal da Cidade Rio Claro

acidente

Criança de um ano e sete meses perde ponta do dedo em acidente em creche

"Logo a professora apareceu trazendo um copo de gelo com um pedaço do dedo do meu filho dentro" relatou a mãe da criança.

Publicado em 31/05/2022 às 17:00

(Foto: Divulgação / Jornal de Piracicaba)

Uma criança de um ano e sete mês perdeu a ponta do dedo enquanto brincava no parquinho da Creche Municipal Osvladir Júlio, no bairro Eldorado, em Piracicaba (SP). Após o acidente, a criança precisou ser socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até a Santa Casa do município.

Por volta das 13h30 da última quinta-feira (26), a criança de um ano e sete meses brincava, na companhia de outras crianças de sua turma, em uma casinha existente no parquinho da creche. O acidente ocorreu quando o menino colocou a mão na janela da casinha e outra criança, por acidente, fechou a janela, vindo a prender seu dedo. Após o acidente, a diretora da creche acionou o Samu, que compareceu no local e socorreu a criança à pediatria da Santa Casa do município.

Os pais receberam a ligação da creche por volta das 14h. “A diretora entrou em contato conosco para informar que havia acionado o Samu e que nosso filho precisava ir ao médico para tomar uns pontos no dedo”, contou o pai da criança. “Eu fui até a creche para ver o meu filho e ele estava com a mão já enfaixada por conta dos primeiros socorros. Na minha cabeça, achei que meu filho precisaria receber um ponto no dedo, mas logo a professora apareceu trazendo um copo de gelo com um pedaço do dedo do meu filho dentro. Foi nesse momento que percebi que a situação era mais grave. Posteriormente, quando o Samu retirou a faixa da mão dele, vi que não era um simples corte.”

Embora a criança tenha perdido a ponta do dedo, o pai conta que nenhum osso, ou qualquer outra parte vital, foi atingido. “O corte tirou a ponta do dedo. Claro que é uma lesão grave para uma criança de pouco mais de um ano, porém felizmente não aconteceu o pior.”

A família também contou que agora quer tomar as medidas cabíveis. “Entraremos com processo. Não temos nada contra a creche, pois todos os funcionários que trabalham lá são pessoas boas, profissionais e esforçadas. Tenho três filhos e os outros dois também estudam lá. Mas pretendemos tomar providências por conta desse acidente e correr atrás dos direitos dele”, finaliza o pai.

NOTA DA PREFEITURA — Em nota, a Secretaria Municipal de Educação informou que “lamenta o fato ocorrido na última quinta-feira, dia 26, com o aluno de berçário II da Escola Municipal “Osvladir Júlio”, durante atividades no playground da unidade. O incidente aconteceu em uma casinha de madeira, a qual foi doada pela comunidade do bairro, e enquanto brincava com outras crianças de sua turma, estando supervisionado por três professoras durante a atividade. A equipe escolar prestou, já no momento do acontecido, todo o suporte necessário para resguardar o aluno e viabilizar os primeiros socorros. A equipe da SME esteve na unidade para vistoriar o local e orientar quanto ao uso do equipamento doado pela comunidade. Foram retiradas partes do brinquedo com o objetivo de evitar outras ocorrências. A Secretaria acompanha o caso e presta todo apoio necessário.”


Fonte:

Receba as notícias de Rio Claro no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário