Portal da Cidade Rio Claro

Política

Câmara Municipal de Rio Claro aprova reajuste de 8% a servidores

Projeto segue para sanção do prefeito Gustavo Perissinotto

Publicado em 28/02/2022 às 08:32
Atualizado em

A Câmara Municipal de Rio Claro aprovou na manhã deste domingo (27), em segunda discussão, o projeto de lei de autoria do prefeito Gustavo Perissinotto (PSD) que concederá 8% de reajuste salarial aos servidores efetivos, inativos e pensionistas da Prefeitura este ano. A proposta, aprovada em primeiro turno no sábado (26), segue agora para sanção do chefe do Poder Executivo.

Na sessão, estiveram ausentes os vereadores Rodrigo Guedes, Val Demarchi e Vagner Baungartner. O projeto foi aprovado pelos demais parlamentares presentes. O presidente José Pereira não vota na matéria. Conforme o JC repercutiu anteriormente, projeto prevê o reajuste de 6% na data-base de 1º de fevereiro, que será pago já no mês de março, e mais 2% que serão acrescentados na data-base de 1º de setembro de 2022. O auxílio alimentação sofrerá aumento para R$ 600,00. Os tickets lanche/refeição passam a ter o valor total de R$ 30,00 diários.

Os servidores municipais compareceram em peso novamente ao Plenário. Com faixas e cartazes, se manifestaram contra a votação e pediram que os vereadores votassem contrariamente, fato que não ocorreu. Os parlamentares não fizeram encaminhamento de voto, entraram em silêncio e da mesma forma deixaram o local após o fim da votação favorável.

Os manifestantes se queixaram também do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Rio Claro (Sindmuni), que representa a categoria. Segundo os funcionários públicos, a entidade não teria feito defesa aos servidores, uma vez que na assembleia realizada na última semana a proposta do prefeito foi recusada.


Fonte:

Receba as notícias de Rio Claro no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário